Publicado no Diário da Justiça de 03/04/2018

 

Boletim 2018.000013 - 2 a. VARA FEDERAL:

  

             Lista de Advogados constantes nesse boletim:

ABRAAO COSTA FLORENCIO DE CARVALHO 0008201-33.2006.4.05.8200

ADAILTON COELHO COSTA NETO 0008201-33.2006.4.05.8200

ADRIANO PIMENTEL DA SILVA 0002691-68.2008.4.05.8200

ALBERIO FERNANDES 0002951-77.2010.4.05.8200

ALBERTO JOAO DOS SANTOS LOUREIRO LOPES 0006784-79.2005.4.05.8200

ALBERTO JORGE SOUTO FERREIRA 0007755-20.2012.4.05.8200

ALEXANDRE TENÓRIO DE BRITO MEDEIROS 0008201-33.2006.4.05.8200

ALICE QUEIROGA DE VASCONCELOS 0000142-70.2017.4.05.8200

ALINO & ROBERTO E ADVOGADOS 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

ALLYSON DE SOUSA LACERDA 0001376-63.2012.4.05.8200

ALMIRO VIEIRA CARNEIRO 0004554-64.2005.4.05.8200

AMANDA DE ALCÂNTARA ANDRADE 0012340-62.2005.4.05.8200

ANA CAROLINA DE ARAUJO CARVALHO 0008201-33.2006.4.05.8200

ANA CLAUDIA COSTA MORAES 0008201-33.2006.4.05.8200

ANA GABRIELA BARBALHO DA SILVA 0001376-63.2012.4.05.8200 0005806-92.2011.4.05.8200

ANDRE ALCOFORADO TOSCANO 0008201-33.2006.4.05.8200

ANDRE ORLANDO DUARTE DO NASCIMENTO 0002691-68.2008.4.05.8200

ANDREA FIALHO PESSOA PONTES 0010181-78.2007.4.05.8200

ANDRÉ DOS PRAZERES 0003136-72.1900.4.05.8200

ANILDSON MENEZES SILVA 0000089-02.2011.4.05.8200

ANTONIO CARLOS MOREIRA (FN) 0003136-72.1900.4.05.8200

ANTONIO CRISANTO TAVARES DE MELO 0001802-12.2011.4.05.8200

ANTONIO GONÇALVES DA MOTA SILVEIRA NETO 0002691-68.2008.4.05.8200

ANTONIO MARIO DE ABREU PINTO 0008201-33.2006.4.05.8200

ANTONIO SEVERINO DA SILVA 0006272-18.2013.4.05.8200

ANTONIO VENÂNCIO DE SOUSA 0008201-33.2006.4.05.8200

BEATRIZ RUFINO ROCHA 0003136-72.1900.4.05.8200

BERILO RAMOS BORBA 0003817-66.2002.4.05.8200

BRUNNA FIGUEIREDO GUEDES PEREIRA 0008201-33.2006.4.05.8200

BRUNO AIRES COLAÇO 0010181-78.2007.4.05.8200

BRUNO ALEX CARDOSO MONTEIRO 0008201-33.2006.4.05.8200

BRUNO NOVAES DE BEZERRA CAVALCANTI 0008201-33.2006.4.05.8200

CAIO TIBERIO BARBALHO DA SILVA 0006128-59.2004.4.05.8200

CAMILLA ANDRADE PESSOA GAYOSO 0008201-33.2006.4.05.8200

CAMYLA VICENTE DE SOUZA SILVA 0003136-72.1900.4.05.8200

CANDIDO ARTUR MATOS DE SOUZA 0006272-18.2013.4.05.8200

CARLOS BENITO COSENTINO FILHO 0002691-68.2008.4.05.8200

CARLOS EDUARDO SANTOS PONTES DE MIRANDA 0008201-33.2006.4.05.8200

CARLOS FREDERICO CORDEIRO DOS SANTOS 0008201-33.2006.4.05.8200

CARLOS FREDERICO NOBREGA FARIAS 0003817-66.2002.4.05.8200

CARLOS GOMES FILHO 0003136-72.1900.4.05.8200

CARLOS JOSÉ DA ROCHA REGO MONTEIRO 0008201-33.2006.4.05.8200

CARLOS NAZARENO PEREIRA DE OLIVEIRA 0010181-78.2007.4.05.8200

CARLOS OCTAVIANO DE M. MANGUEIRA 0000150-04.2004.4.05.8200

CAROL DE ALMEIDA LIMA 0008201-33.2006.4.05.8200

CHRISTIANE HOLANDA ARANTES 0001376-63.2012.4.05.8200

CHRISTIANE MARCIA DE C. MAXIMO 0003136-72.1900.4.05.8200

CICERO GUEDES RODRIGUES 0000593-96.1997.4.05.8200

CICERO ROGER MACEDO GONCALVES 0002951-77.2010.4.05.8200

CIRO DE OLIVEIRA VELOSO MAFRA 0008201-33.2006.4.05.8200

CLOVIS SOUTO GUIMARÃES JUNIOR 0004430-03.2013.4.05.8200 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

CONSUELO MARIA DOS SANTOS 0008201-33.2006.4.05.8200

DANIEL JOSÉ DE BRITO VEIGA PESSOA 0010702-62.2003.4.05.8200

DANIELA DE OLIVEIRA LIMA MATIAS 0008201-33.2006.4.05.8200

DANIELLA MEDEIROS REGO 0003136-72.1900.4.05.8200

DAVIDSON LOPES SOUZA DE BRITO 0012340-62.2005.4.05.8200

DESIRÉE CLARY ARAÚJO SANTOS ALVES DA COSTA 0001376-63.2012.4.05.8200

DEVID OLIVEIRA DE LUNA 0006272-18.2013.4.05.8200

DIEGO DE SOUZA AUGUSTO 0008201-33.2006.4.05.8200

DIOGO VILLAÇA CARDOSO DE MELO 0008201-33.2006.4.05.8200

DIÓGENES CÉZAR DE SOUZA JÚNIOR 0002691-68.2008.4.05.8200

EDILSO DA SILVA VALENTE 0012340-62.2005.4.05.8200

ELISSANDRA PEREIRA DOS SANTOS 0008201-33.2006.4.05.8200

ELIZA BARBOSA DE ARAUJO LUNA 0008201-33.2006.4.05.8200

ELTON MACIEL COUTINHO DE SOUZA 0002691-68.2008.4.05.8200

EMMANUELA LEILANE MARTINS NOBREGA ARAUJO DIAS 0001376-63.2012.4.05.8200

ERIK FRANKLIN BEZERRA 0002691-68.2008.4.05.8200

EURÍPEDES TAVARES DE MELO FILHO 0001802-12.2011.4.05.8200

EUTACIO BORGES DA SILVA FILHO 0001376-63.2012.4.05.8200 0005806-92.2011.4.05.8200

EVANDRO DE SOUZA NEVES NETO 0008201-33.2006.4.05.8200

F. SARMENTO ADVOGADOS ASSOCIADOS 0006128-59.2004.4.05.8200

FABIO GEORGE CRUZ DA NOBREGA 0010702-62.2003.4.05.8200

FABIO LEITE DE FARIAS BRITO 0011665-02.2005.4.05.8200

FABIO ROMERO DE S. RANGEL 0000593-96.1997.4.05.8200

FABIO ROMERO DE SOUZA RANGEL 0010181-78.2007.4.05.8200

FABIOLA CAVALCANTE TORRES BORGES 0003136-72.1900.4.05.8200

FELIPE SARMENTO CORDEIRO 0006128-59.2004.4.05.8200

FERNANDO DE OLIVEIRA CRUZ NETO 0008201-33.2006.4.05.8200

FLAVIA DIONISIA SOARES CAMPOS 0008201-33.2006.4.05.8200

FLAVIANO SALES CUNHA MEDEIROS 0008653-38.2009.4.05.8200

FLAVIO FERNANDO VASCONCELOS COSTA 0009718-30.1993.4.05.8200

FLAWBERT FARIAS GUEDES PINHEIRO 0001688-73.2011.4.05.8200

FRANCISCO CHAVES DOS ANJOS NETO 0010137-45.1996.4.05.8200

FRANCISCO DAS CHAGAS BATISTA LEITE 0002951-77.2010.4.05.8200 0004430-03.2013.4.05.8200 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

FRANCISCO DAS CHAGAS NUNES 0000308-78.2012.4.05.8200 0000563-70.2011.4.05.8200 0007290-16.2009.4.05.8200 0009806-09.2009.4.05.8200

FRANCISCO MAURICIO R. DE A. SILVA 0008201-33.2006.4.05.8200

GABRIELA DA SILVA LAGO 0004554-64.2005.4.05.8200

GABRIELA MARINHO DE ASSIS FERNANDES ÂNGELO 0003136-72.1900.4.05.8200

GILVAN AMORIM NAVARRO FILHO 0001376-63.2012.4.05.8200 0005806-92.2011.4.05.8200

GIOVANNA PAIVA PINHEIRO DE ALBUQUERQUE BEZERRA 0006128-59.2004.4.05.8200

GLAUCIA FERNANDA NEVES MARTINS 0003817-66.2002.4.05.8200

GUEDES PEREIRA & DUARTE ADVOGADOS ASSOCIADOS 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

GUILHERME FREIRE DE MORAES GUERRA 0000150-04.2004.4.05.8200

GUILHERME OSVALDO CRISANTO TAVARES DE MELO 0001802-12.2011.4.05.8200

HEITOR CABRAL DA SILVA 0000593-96.1997.4.05.8200

HELENO LUIZ DE FRANCA FILHO 0009718-30.1993.4.05.8200

INGRID GADELHA DE ANDRADE 0008201-33.2006.4.05.8200

IRACEMA PINTO DE MEDEIROS 0008653-38.2009.4.05.8200

IZABELLA NASCIMENTO CARNEIRO DOS SANTOS 0003136-72.1900.4.05.8200

JAIME MARTINS PEREIRA JUNIOR 0000593-96.1997.4.05.8200

JANE MARY DA COSTA LIMA 0000593-96.1997.4.05.8200

JANINNE OLIVEIRA MACIEL 0008201-33.2006.4.05.8200

JEAN CAMARA DE OLIVEIRA 0001688-73.2011.4.05.8200

JOAO FERREIRA DE LIMA 0010137-45.1996.4.05.8200

JOSE ANCHIETA DOS SANTOS 0010137-45.1996.4.05.8200

JOSE GALDINO DA SILVA FILHO 0007395-08.2000.4.05.8200

JOSE MARIO PORTO & MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

JOSE MARIO PORTO JUNIOR 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

JOSE RAMOS DA SILVA 0006128-59.2004.4.05.8200

JOSE RODRIGUES DA SILVA 0011665-02.2005.4.05.8200

JOSE TADEU ALCOFORADO CATAO 0004952-84.2000.4.05.8200

JOSENILO PAULO GOMES GONZAGA 0006272-18.2013.4.05.8200

JOSENILTON FERREIRA DOS SANTOS JUNIOR 0008201-33.2006.4.05.8200

JOSÉ RAMOS DA SILVA E EDVAN CARNEIRO DA SILVA ADVOGADOS ASSOCIADOS 0006128-59.2004.4.05.8200

JOSÉ RICARDO DO NASCIMENTO VAREJÃO 0008201-33.2006.4.05.8200

JOÃO PAULO BARBALHO INACIO DA SILVA 0006128-59.2004.4.05.8200

JUDITH MARIA ANTUNES FERNANDES 0008201-33.2006.4.05.8200

JULIANA BRITO ALVES DE OLIVEIRA 0003136-72.1900.4.05.8200

JULIANA DE MELO LINS 0003136-72.1900.4.05.8200

JULIANA MONTENEGRO CALADO 0008201-33.2006.4.05.8200

JULIO CÂNO DE ANDRADE 0004952-84.2000.4.05.8200

JURANDI FERNANDES FERREIRA 0002691-68.2008.4.05.8200

KALINA DE FATIMA CARLOS PEREIRA 0012340-62.2005.4.05.8200

KARLA GABRIELA SOUSA LEITE 0004554-64.2005.4.05.8200 0005806-92.2011.4.05.8200 0006128-59.2004.4.05.8200

KELMA CARVALHO FARIA 0008201-33.2006.4.05.8200

KILIANE HENRIQUES DE MIRANDA 0008201-33.2006.4.05.8200

LEILA DO BOMFIM ROLIM 0003136-72.1900.4.05.8200

LEILANE SOARES DE LIMA 0008201-33.2006.4.05.8200

LEONARDO HENRIQUE DE MELO SILVA FERREIRA 0008201-33.2006.4.05.8200

LEONARDO JOSE VIDERES TRAJANO 0003817-66.2002.4.05.8200

LEOPOLDO MARQUES D'ASSUNÇÃO 0006272-18.2013.4.05.8200

LETICIA BOLZANI GONDIM 0001376-63.2012.4.05.8200 0006128-59.2004.4.05.8200

LUCAS DINIZ BARROS BRAGA 0008201-33.2006.4.05.8200

LUCIANA DE ALBUQUERQUE CAVALCANTI BRITO 0002951-77.2010.4.05.8200

LUIZ CESAR GABRIEL MACEDO 0006272-18.2013.4.05.8200

LUIZ MONTEIRO VARAS 0000089-02.2011.4.05.8200

LUIZ ZENIRO DE SOUZA 0002691-68.2008.4.05.8200

LYDIANE MENDES GOMES CLEMENTINO 0003136-72.1900.4.05.8200

MAGDIEL JEUS GOMES ARAUJO 0007755-20.2012.4.05.8200

MANUEL DE FREITAS CAVALCANTE 0003136-72.1900.4.05.8200

MARA REGINA SIQUEIRA DE LIMA 0003136-72.1900.4.05.8200

MARCIA CRISTINA COSTA DIAS 0008201-33.2006.4.05.8200

MARCOS ANTONIO INACIO DA SILVA 0001376-63.2012.4.05.8200 0004554-64.2005.4.05.8200 0005806-92.2011.4.05.8200 0006128-59.2004.4.05.8200

MARCOS CALUMBI NOBREGA DIAS 0009806-09.2009.4.05.8200

MARIA BETANIA DE OLIVEIRA MELO 0006272-18.2013.4.05.8200

MARIA CAROLINA DA FONTE DE ALBUQUERQUE 0008201-33.2006.4.05.8200

MARIA CLAUDIA FURTADO DE MENDONCA CALDAS 0008201-33.2006.4.05.8200

MARILENE DE SOUZA LIMA 0000593-96.1997.4.05.8200

MARILIA ALMEIDA VIEIRA 0008201-33.2006.4.05.8200

MARINA SUISSA ANDRADE DA SILVA 0008201-33.2006.4.05.8200

MUCIO SATIRO FILHO 0002951-77.2010.4.05.8200 0004430-03.2013.4.05.8200 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

NARRIMAN XAVIER DA COSTA 0001376-63.2012.4.05.8200 0004554-64.2005.4.05.8200 0005806-92.2011.4.05.8200 0006128-59.2004.4.05.8200

NATÁLIA MARIA CEZAR BRASIL 0003136-72.1900.4.05.8200

NELSON AZEVEDO TORRES 0005806-92.2011.4.05.8200

NIEDJA PRISCILA MARQUES AZEVEDO LINS 0001376-63.2012.4.05.8200

PAMMELA CHRISTINE LOPES DE OLIVEIRA GALVAO 0008201-33.2006.4.05.8200

PATRICIA HELENA FERREIRA GAIAO 0003136-72.1900.4.05.8200

PAULO CESAR BEZERRA DE LIMA 0000089-02.2011.4.05.8200

PAULO GUEDES PEREIRA 0002951-77.2010.4.05.8200 0004430-03.2013.4.05.8200 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

PAULO MANOEL MOREIRA SOUTO 0006128-59.2004.4.05.8200

PAULO ROBERTO COÊLHO LÓCIO 0002691-68.2008.4.05.8200

PETROV FERREIRA BALTAR FILHO 0001688-73.2011.4.05.8200

PROCURADORIA FEDERAL NO ESTADO DA PARAIBA 0008653-38.2009.4.05.8200

RACHEL FERREIRA MOREIRA LEITÃO 0004430-03.2013.4.05.8200

RAFAEL LUIZ ALENCAR VIEIRA 0008201-33.2006.4.05.8200

RAFAELA MARIA PITT GAMEIRO SALES 0001802-12.2011.4.05.8200

RAFAELA SIMOES FERNANDES DUQUE 0008201-33.2006.4.05.8200

RAIMUNDO LUCIANO MENEZES JUNIOR 0001688-73.2011.4.05.8200

RAIMUNDO LUIZ QUEIROGA DE OLIVEIRA 0004554-64.2005.4.05.8200

RAMON DIEGO FREIRE DE ARAUJO 0010181-78.2007.4.05.8200

RAPHAEL FELIPPECORREIA LIMA DO AMARAL 0010181-78.2007.4.05.8200

RENAN AVERSARI CÂMARA 0001688-73.2011.4.05.8200

RENATA SONODA PIMENTEL 0003136-72.1900.4.05.8200

RENÈE LAGO MIRANDA 0003136-72.1900.4.05.8200

RHUBIA LACERDA MARTINS DE OLIVEIRA 0003136-72.1900.4.05.8200

RICARDO BERILO BEZERRA BORBA 0003817-66.2002.4.05.8200

RICARDO DE CASTRO E SILVA DALLE 0008201-33.2006.4.05.8200

RICARDO POLLASTRINI 0000593-96.1997.4.05.8200 0004952-84.2000.4.05.8200

RITA VALERIA CAVALCANTE MENDONÇA 0003136-72.1900.4.05.8200

ROBERTO DE OLIVEIRA BATISTA 0009718-30.1993.4.05.8200

RODRIGO NOBREGA FARIAS 0003817-66.2002.4.05.8200

RODRIGO PIMENTAL BASTOS 0008201-33.2006.4.05.8200

RONALDO OLIVEIRA SARAIVA DE ALENCAR 0003136-72.1900.4.05.8200

SABRINA PEREIRA MENDES 0002951-77.2010.4.05.8200 0004430-03.2013.4.05.8200 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

SANDRA REGINA BRAGA SOUTO 0008481-91.2012.4.05.8200 0008512-14.2012.4.05.8200 0008513-96.2012.4.05.8200

SEM ADVOGADO 0000089-02.2011.4.05.8200 0000308-78.2012.4.05.8200 0000563-70.2011.4.05.8200 0001802-12.2011.4.05.8200 0002691-68.2008.4.05.8200 0002951-77.2010.4.05.8200 0006272-18.2013.4.05.8200 0007290-16.2009.4.05.8200 0007395-08.2000.4.05.8200 0007755-20.2012.4.05.8200 0009806-09.2009.4.05.8200

SEM PROCURADOR 0000142-70.2017.4.05.8200 0000150-04.2004.4.05.8200 0001376-63.2012.4.05.8200 0005806-92.2011.4.05.8200 0006272-18.2013.4.05.8200 0006784-79.2005.4.05.8200 0008201-33.2006.4.05.8200

SERGIO BARBOSA ALVES 0003136-72.1900.4.05.8200

SILVANA R. GUERRA BARRETTO 0008201-33.2006.4.05.8200

SUZETE VELOSO DE OLIVEIRA 0003136-72.1900.4.05.8200

SÉRGIO COSMO FERREIRA NETO 0002691-68.2008.4.05.8200

TANIELLE KÉZIAH DE SOUSA FREIRE 0006128-59.2004.4.05.8200

TATIANE FELIX MARREIRO 0002691-68.2008.4.05.8200

THAMINE NATHALIA CABRAL MORAES E SILVA 0003136-72.1900.4.05.8200

THIAGO FERREIRA BARACUHY DA NOBREGA 0001376-63.2012.4.05.8200

TIBIRICA DE MELO E SILVA 0009718-30.1993.4.05.8200

VALTER DE MELO 0006272-18.2013.4.05.8200

VINICIUS DE NEGREIROS CALADO 0002691-68.2008.4.05.8200

WALKIRIA CORDEIRO LEITE DE ARAUJO 0004554-64.2005.4.05.8200

WERTON MAGALHAES COSTA 0010702-62.2003.4.05.8200

YANE CASTRO DE ALBUQUERQUE 0006128-59.2004.4.05.8200

YANKO CYRILO 0004952-84.2000.4.05.8200

YURI MARQUES DA CUNHA 0006272-18.2013.4.05.8200

YURI PORFIRIO CASTRO DE ALBUQUERQUE 0006128-59.2004.4.05.8200

ZAYLANY DE LOURDES FERREIRA TORRES 0004952-84.2000.4.05.8200

 

Juiz Federal BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA

Diretor de Secretaria: ANDRE FARIAS MENDONCA

   

AÇÃO ORDINÁRIA (PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO)

   

0000142-70.2017.4.05.8200 VALÉRIA DE CÁSSIA MORAIS SILVA (Adv. ALICE QUEIROGA DE VASCONCELOS) X FUNDACAO DOS ECONOMIARIOS FEDERAIS - FUNCEF (Adv. SEM PROCURADOR)

PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO n. 0000142-70.2017.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao MM. Juiz Federal da 2ª Vara. João Pessoa, terça-feira, 27 de fevereiro de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO Mantenho a decisão agravada pelos próprios fundamentos. Cumpra-se a decisão de fls. 234/236, remetendo-se os autos à Justiça Estadual. Publique-se. João Pessoa, 01.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

0000150-04.2004.4.05.8200 RADIO FM CORREIO DE JOAO PESSOA LTDA (Adv. GUILHERME FREIRE DE MORAES GUERRA) X INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA - INCRA E OUTRO (Adv. CARLOS OCTAVIANO DE M. MANGUEIRA) x INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS (Adv. SEM PROCURADOR)

PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO n. 0000150-04.2004.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao MM. Juiz Federal da 2ª Vara. João Pessoa, sexta-feira, 23 de março de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO Assumi a jurisdição. Tendo em vista a autora ter efetuado os depósitos na conta 0548.005.20388-3, vinculada ao processo n. 151-86.2004, em curso na 1ª Vara Federal, e que nela foram efetuados depósitos diversos relativos aos processos n. 150-04.2004, 151-86.2004 e 153-56.2004 impossibilitando a aferição do montante depositado pelo autor. Diante disso, intime-se o autor para juntar aos autos copias das guias de depósitos correspondentes ao período de 06/2004 a 02/2006, efetuados na conta judicial 0548.005.20388-3, no prazo de 15 dias. Com a juntada das guias, oficie-se ao juízo da 1ª Vara para transferir para uma conta judicial, vinculada aos presentes autos, o montante apurado. Após, oficie-se a CAIXA para converter em renda do INSS os saldos das contas judiciais e previdenciárias vinculadas aos presentes autos. Nada mais sendo requerido pelas partes, em 10 dias, dá-se por satisfeita a obrigação, cabendo à secretaria arquivar o processo com baixa independentemente de novas intimações. Publique-se. João Pessoa, 26.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

0001688-73.2011.4.05.8200 AGAMENON PORTO DOS SANTOS E OUTROS (Adv. JEAN CAMARA DE OLIVEIRA, FLAWBERT FARIAS GUEDES PINHEIRO, RENAN AVERSARI CÂMARA) X INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS (Adv. RAIMUNDO LUCIANO MENEZES JUNIOR) x UNIÃO (Adv. PETROV FERREIRA BALTAR FILHO) x MINISTÉRIO DAS CIDADES

PROCESSO Nº 0001688-73.2011.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao(à) MM. Juiz Federal, Dr(a). BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA. João Pessoa, 13 de março de 2018 FÁBIO LACERDA DE CASTRO MARTINS Técnico Judiciário DESPACHO Mantenho a decisão agravada por seus próprios fundamentos. Defiro o pedido de substabelecimento em favor do causídico Renan Aversari Câmara, OAB/PB nº 15.470. Correções cartorárias. Intime-se o autor para apresentar suas razões finais, prazo de 15 dias. Em seguida, intime-se o INSS e a União, respectivamente, para apresentarem razões finais, prazo de 30 dias para cada um dos réus. Após, venham os autos conclusos para decisão. João Pessoa, 15.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara ESI 1 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA 10

   

0002951-77.2010.4.05.8200 ELI-ERI LUIZ DE MOURA (Adv. FRANCISCO DAS CHAGAS BATISTA LEITE, PAULO GUEDES PEREIRA, ALBERIO FERNANDES, MUCIO SATIRO FILHO, LUCIANA DE ALBUQUERQUE CAVALCANTI BRITO, CICERO ROGER MACEDO GONCALVES, SABRINA PEREIRA MENDES) X CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF E OUTRO (Adv. SEM ADVOGADO)

PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO n. 0002951-77.2010.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao MM. Juiz Federal da 2ª Vara. João Pessoa, sexta-feira, 23 de março de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO Assumi a jurisdição. A presente demanda terminou por julgar improcedente o pedido formulado na inicial, tendo transitado em julgado a decisão. De forma que não há mais nada a se discutir nos presentes autos. Peticionou a parte autora (fls. 340/342) que foi a parte sucumbente. Diante disso, devolvam-se os autos ao arquivo, com baixa na distribuição, por ser o pedido da autora estranho ao processo. Publique-se e arquive-se. João Pessoa, 26.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

0008201-33.2006.4.05.8200 COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS - AMBEV - FILIAL NORDESTE (Adv. BRUNO NOVAES DE BEZERRA CAVALCANTI, CARLOS FREDERICO CORDEIRO DOS SANTOS, FRANCISCO MAURICIO R. DE A. SILVA, ANTONIO MARIO DE ABREU PINTO, CONSUELO MARIA DOS SANTOS, JUDITH MARIA ANTUNES FERNANDES, ANA CLAUDIA COSTA MORAES, ANTONIO VENÂNCIO DE SOUSA, SILVANA R. GUERRA BARRETTO, CARLOS FREDERICO CORDEIRO DOS SANTOS, JANINNE OLIVEIRA MACIEL, MARIA CAROLINA DA FONTE DE ALBUQUERQUE, FLAVIA DIONISIA SOARES CAMPOS, JULIANA MONTENEGRO CALADO, KILIANE HENRIQUES DE MIRANDA, CARLOS JOSÉ DA ROCHA REGO MONTEIRO, ELISSANDRA PEREIRA DOS SANTOS, CAMILLA ANDRADE PESSOA GAYOSO, CIRO DE OLIVEIRA VELOSO MAFRA, KELMA CARVALHO FARIA, LEONARDO HENRIQUE DE MELO SILVA FERREIRA, CARLOS EDUARDO SANTOS PONTES DE MIRANDA, RICARDO DE CASTRO E SILVA DALLE, JOSENILTON FERREIRA DOS SANTOS JUNIOR, DIOGO VILLAÇA CARDOSO DE MELO, BRUNNA FIGUEIREDO GUEDES PEREIRA, MARINA SUISSA ANDRADE DA SILVA, ABRAAO COSTA FLORENCIO DE CARVALHO, ADAILTON COELHO COSTA NETO, ALEXANDRE TENÓRIO DE BRITO MEDEIROS, MARCIA CRISTINA COSTA DIAS, FERNANDO DE OLIVEIRA CRUZ NETO, MARIA CLAUDIA FURTADO DE MENDONCA CALDAS, RAFAEL LUIZ ALENCAR VIEIRA, ANA CAROLINA DE ARAUJO CARVALHO, LUCAS DINIZ BARROS BRAGA, ANDRE ALCOFORADO TOSCANO, RAFAELA SIMOES FERNANDES DUQUE, RODRIGO PIMENTAL BASTOS, MARILIA ALMEIDA VIEIRA, BRUNO ALEX CARDOSO MONTEIRO, CAROL DE ALMEIDA LIMA, DIEGO DE SOUZA AUGUSTO, DANIELA DE OLIVEIRA LIMA MATIAS, EVANDRO DE SOUZA NEVES NETO, ELIZA BARBOSA DE ARAUJO LUNA, INGRID GADELHA DE ANDRADE, LEILANE SOARES DE LIMA, JOSÉ RICARDO DO NASCIMENTO VAREJÃO, PAMMELA CHRISTINE LOPES DE OLIVEIRA GALVAO) X UNIAO (FAZENDA NACIONAL) (Adv. SEM PROCURADOR)

PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO n. 0008201-33.2006.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao MM. Juiz Federal da 2ª Vara. João Pessoa, terça-feira, 20 de março de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO A CAIXA informou que o último alvará, recebido pelo representante da AMBEV (fl. 826), não foi apresentado junto à CAIXA, tendo novamente expirado o prazo de validade. Diante disso, intime-se a AMBEV, na pessoa de seu advogado, para dizer sobre seu interesse em levantar o valor depositado à fl. 220, no prazo de 10 dias. No decurso do prazo, nada sendo requerido, devolvam-se os autos ao arquivo, com baixa na distribuição, facultado o desarquivamento enquanto não transcorrer o lapso prescricional. Publique-se. João Pessoa, 26.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

EMBARGOS À EXECUÇÃ0

   

0004430-03.2013.4.05.8200 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB (Adv. RACHEL FERREIRA MOREIRA LEITÃO) X SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR, POR SUA SEÇÃO SINDICAL NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - ADUFPB/SSIND E OUTROS (Adv. PAULO GUEDES PEREIRA, MUCIO SATIRO FILHO, FRANCISCO DAS CHAGAS BATISTA LEITE, SABRINA PEREIRA MENDES, CLOVIS SOUTO GUIMARÃES JUNIOR)

PROCESSO Nº 0004430-03.2013.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao(à) MM. Juiz Federal, Dr(a). BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA. João Pessoa, 19 de fevereiro de 2018 SHEILA FERREIRA DE PONTES Técnica Judiciária DESPACHO Chamo o feito à ordem para corrigir erro material no despacho de fl. 532. Dessa forma, onde se lê "Venham-me os autos conclusos para apreciação da petição de fls. 219/231.", leia-se "Após, venham-me os autos conclusos para apreciação da petição de fls. 219/231". João Pessoa/PB, 26.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara 1 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA 10

   

EXECUÇÃO/CUMPRIMENTO DE SENTENÇA

   

0000593-96.1997.4.05.8200 JOSE ANIZIO DE SOUZA FILHO (Adv. HEITOR CABRAL DA SILVA, JANE MARY DA COSTA LIMA, MARILENE DE SOUZA LIMA, CICERO GUEDES RODRIGUES) X CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. FABIO ROMERO DE S. RANGEL, RICARDO POLLASTRINI, JAIME MARTINS PEREIRA JUNIOR)

Defiro o pedido de dilação do prazo requerido pela CEF, pelo prazo de 15 (quinze) dias. Decorrido o prazo, com ou sem manifestação, voltem-me os autos conclusos para decisão.

   

EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL

   

0000308-78.2012.4.05.8200 CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. FRANCISCO DAS CHAGAS NUNES) X JAIRO DE LIMA SANTOS E OUTROS (Adv. SEM ADVOGADO)

PROCESSO Nº 0000308-78.2012.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao(à) MM. Juiz Federal, Dr(a). BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA. João Pessoa, 05 de março de 2018 FÁBIO LACERDA DE CASTRO MARTINS Técnico Judiciário DESPACHO Foi requerido bloqueio de automóveis no Sistema RENAJUD, após citado o devedor. DEFIRO o pedido de arresto eletrônico por meio do sistema RENAJUD, de veículos porventura existentes em nome dos executados JAIRO DE LIMA SANTOS, CPF: 034.549.654-03 e ANA LUCIA DA SILVA LIMA, CPF: 038.403.894-88. Infrutífero o bloqueio, intime-se o(a) exequente para requerer o que entender devido, no prazo de 15 dias. Frutífero o bloqueio, intime-se o exequente para dizer se tem interesse na penhora, em 15 dias. Havendo resposta positiva, expeça-se mandado de penhora e avaliação. Efetuada a penhora, intime-se imediatamente os executados, como determina o art. 841 do CPC/2015, inclusive para ciência da avaliação feita pelo oficial de justiça. Intime-se o(a) o exequente da penhora e da avaliação e também para efetuar a averbação no registro competente, se for o caso (art. 844 do CPC/2015). Nada sendo requerido no prazo de 15 dias e não havendo decisão que determine a suspensão da execução, adote a secretaria as providências para alienação do bem no Leilão Unificado desta Seção Judiciária (art. 881 do CPC/2015). João Pessoa, 08.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara ESI 1 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA 10

   

0001802-12.2011.4.05.8200 ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - SECCIONAL PERNAMBUCO - OAB/PE (Adv. EURÍPEDES TAVARES DE MELO FILHO, GUILHERME OSVALDO CRISANTO TAVARES DE MELO, ANTONIO CRISANTO TAVARES DE MELO, RAFAELA MARIA PITT GAMEIRO SALES) X DANYEL QUEIROZ ACCIOLY (Adv. SEM ADVOGADO)

PROCESSO n. 0001802-12.2011.4.05.8200 CLASSE: 98 EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL EXEQUENTE: ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - SECCIONAL PERNAMBUCO - OAB/PE ADVOGADO: EURÍPEDES TAVARES DE MELO FILHO E OUTROS EXECUTADO: DANYEL QUEIROZ ACCIOLY ADVOGADO: SEM ADVOGADO SENTENÇA Tipo C, conforme Resolução nº 535, de 18 de dezembro de 2006, do Conselho da Justiça Federal A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Pernambuco propôs Execução de Título Extrajudicial contra DANYEL QUEIROZ ACCIOLY objetivando a cobrança do valor de R$ 8.827,00, proveniente de anuidades. Petição da OAB/PE requerendo a extinção da execução, em razão da quitação do débito executado (fls. 123). É o relatório. Decido. O art. 924 do CPC/2015 dispõe que: "Extingue-se a execução quando: (...) "a obrigação for satisfeita". É o que informa a exequente. Isto posto, declaro extinta a execução nos termos do art. 924, II, e 925 do CPC/2015. Levantem-se todas as constrições judiciais e requeiram as devoluções de todas as cartas precatórias que porventura possam existir nos autos. Sem condenação ao pagamento de honorários advocatícios, em razão da falta de citação ou resposta ao pedido, resolvendo o pagamento feito na via administrativa de todo o débito. Sem custas, em razão da isenção da exequente. Registre-se no sistema informatizado, nos termos do Provimento nº 01, de 25.03.2009, da Corregedoria Regional do Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Intimem-se as partes. Decorrido o prazo sem interposição de recurso, certifique-se, dê-se baixa e arquivem-se os autos, com as cautelas legais. João Pessoa, 20/02/2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara 15 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA FORUM JUIZ FEDERAL RIDALVO COSTA 2ª VARA JVAL

   

0002691-68.2008.4.05.8200 FUNDACAO HABITACIONAL DO EXERCITO - FHE (Adv. ERIK FRANKLIN BEZERRA, LUIZ ZENIRO DE SOUZA, ADRIANO PIMENTEL DA SILVA, TATIANE FELIX MARREIRO, ANDRE ORLANDO DUARTE DO NASCIMENTO, JURANDI FERNANDES FERREIRA, CARLOS BENITO COSENTINO FILHO, DIÓGENES CÉZAR DE SOUZA JÚNIOR, ANTONIO GONÇALVES DA MOTA SILVEIRA NETO, PAULO ROBERTO COÊLHO LÓCIO, SÉRGIO COSMO FERREIRA NETO, VINICIUS DE NEGREIROS CALADO, ELTON MACIEL COUTINHO DE SOUZA) X JOSE PEQUENO SILVA FILHO (Adv. SEM ADVOGADO)

EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL n. 0002691-68.2008.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao MM. Juiz Federal da 2ª Vara. João Pessoa, terça-feira, 20 de março de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO Assumi a jurisdição. Defiro o pedido do exequente (fl. 170). Suspendo o processo pelo prazo do parcelamento consignado de fls. 166/167. Defiro a juntada do substabelecimento de fl. 171. Anotações necessárias na distribuição. Após, publique-se. João Pessoa, 26.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

0003817-66.2002.4.05.8200 CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. RICARDO BERILO BEZERRA BORBA, BERILO RAMOS BORBA) X REGINA DE ANDRADE TEIXEIRA ME E OUTRO (Adv. CARLOS FREDERICO NOBREGA FARIAS, RODRIGO NOBREGA FARIAS, GLAUCIA FERNANDA NEVES MARTINS, LEONARDO JOSE VIDERES TRAJANO)

PROCESSO Nº 0003817-66.2002.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao(à) MM. Juíza Federal Titular, Dr(a). CRISTINA MARIA COSTA GARCEZ. João Pessoa, 02 de março de 2018 FÁBIO LACERDA DE CASTRO MARTINS Técnico Judiciário DESPACHO Foi requerido bloqueio de automóveis no Sistema RENAJUD, após citado o devedor. DEFIRO o pedido de arresto eletrônico por meio do sistema RENAJUD, de veículos porventura existentes em nome da executada REGINA DE ANDRADE TEXEIRA ME, CNPJ 09.167.222/0001-78 Infrutífero o bloqueio, intime-se o(a) exequente para requerer o que entender devido, no prazo de 15 dias. Frutífero o bloqueio, intime-se o exequente para dizer se tem interesse na penhora, em 15 dias. Havendo resposta positiva, expeça-se mandado de penhora e avaliação. Efetuada a penhora, intime-se imediatamente o executado, como determina o art. 841 do CPC/2015, inclusive para ciência da avaliação feita pelo oficial de justiça. Intime-se o(a) o exequente da penhora e da avaliação e também para efetuar a averbação no registro competente, se for o caso (art. 844 do CPC/2015). Nada sendo requerido no prazo de 15 dias e não havendo decisão que determine a suspensão da execução, adote a secretaria as providências para alienação do bem no Leilão Unificado desta Seção Judiciária (art. 881 do CPC/2015). João Pessoa, 09.03.2018 CRISTINA MARIA COSTA GARCEZ Juíza Federal da 3ª Vara, em substituição automática na 2ª vara ESI 1 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA 10

   

0007290-16.2009.4.05.8200 CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. FRANCISCO DAS CHAGAS NUNES) X AMAR SERVIÇOS GRÁFICOS LTDA. E OUTROS (Adv. SEM ADVOGADO)

EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL n. 0007290-16.2009.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos a MMª. Juíza Federal Substituta da 2ª Vara. João Pessoa, sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO Oficie-se ao juízo deprecado da Comarca de Mairinque/SP (fl. 378) informando do pagamento (fl. 382) das custas judiciais para cumprimento da carta precatória. Após, tendo em vista o bloqueio via BACENJUD ter sido negativo, abra-se vista à CAIXA para requerer o que entender de direito, no prazo de 15 dias. Publique-se. João Pessoa, 23.02.2018 WANESSA FIGUEIREDO DOS SANTOS LIMA Juíza Federal Substituta da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

0007395-08.2000.4.05.8200 UNIAO (ADVOCACIA GERAL DA UNIAO) (Adv. JOSE GALDINO DA SILVA FILHO) X HEDILBERTO DUARTE TAVARES (Adv. SEM ADVOGADO)

PROCESSO Nº 0007395-08.2000.4.05.8200 CERTIDÃO CERTIFICO que os embargos de declaração de fls. 180/185, interpostos pela União, ingressaram neste juízo no 7º dia, a contar da intimação aposta à fl. 179v. O referido é verdade. Dou fé. João Pessoa, 23 de março de 2018. Sheila Ferreira de Pontes Técnica Judiciária ATO ORDINATÓRIO (Art. 203, §4 do CPC/2015 e art. 87 do Provimento 01/2009 do CR/TRF 5) Intime(m)-se o(s) embargado(s) para, querendo, manifestar(em)-se, no prazo de 5 dias, sobre os embargos opostos, caso seu eventual acolhimento implique a modificação da decisão embargada (art. 1.023, §2º, do CPC). João Pessoa, 23 de março de 2018. Sheila Ferreira de Pontes Técnica Judiciária 2 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA 2ª VARA FEDERAL PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA 2.ª VARA FEDERAL

   

0011665-02.2005.4.05.8200 UNIÃO (Adv. FABIO LEITE DE FARIAS BRITO) X LUIS CARDOSO DA SILVA (Adv. JOSE RODRIGUES DA SILVA)

PROCESSO Nº 0011665-02.2005.4.05.8200 CERTIDÃO CERTIFICO que os embargos de declaração de fls. 277/282, interpostos pela União, ingressaram neste juízo no 7º dia, a contar da intimação aposta à fl. 276v. O referido é verdade. Dou fé. João Pessoa, 23 de março de 2018. Sheila Ferreira de Pontes Técnica Judiciária ATO ORDINATÓRIO (Art. 203, §4 do CPC/2015 e art. 87 do Provimento 01/2009 do CR/TRF 5) Intime(m)-se o(s) embargado(s) para, querendo, manifestar(em)-se, no prazo de 5 dias, sobre os embargos opostos, caso seu eventual acolhimento implique a modificação da decisão embargada (art. 1.023, §2º, do CPC). João Pessoa, 23 de março de 2018. Sheila Ferreira de Pontes Técnica Judiciária 2 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA 2ª VARA FEDERAL PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA 2.ª VARA FEDERAL

   

MANDADO DE SEGURANÇA

   

0006784-79.2005.4.05.8200 ANTONIO CARLOS ARTUZO DE QUADROS (Adv. ALBERTO JOAO DOS SANTOS LOUREIRO LOPES) X CHEFE DA 23ª CIRCUNSCRICAO DO SERVICO MILITAR - 23ª CSM (Adv. SEM PROCURADOR)

PROCESSO Nº 0006784-79.2005.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao(à) MM. Juiz Federal, Dr(a). BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA. João Pessoa, 27 de novembro de 2017 SHEILA FERREIRA DE PONTES Técnica Judiciária DESPACHO A sentença de fls.114/123, que confirmou a decisão liminar favorável ao impetrante, transitou em julgado (fls.205/206). Diante disso, intime-se o Chefe da 23ª Circunscrição de Serviço Miltar para dar cumprimento definitivo à obrigação de fazer. No decurso do prazo, dê-se ciência ao exequente, para falar em 15 dias, inclusive sobre eventual impugnação. Nada sendo requerido pelo exequente nessa oportunidade e não tendo havido impugnação pelo executado, considera-se cumprida a obrigação, devendo os autos ser remetidos ao arquivo com baixa, independentemente de novo despacho, se nenhuma outra providência se fizer necessária. Havendo impugnação pelo impetrado, venham os autos conclusos para exame. João Pessoa, 29.11.2017 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara ESI 1 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA 10

   

MEDIDA CAUTELAR DE EXIBIÇÃO

   

0006272-18.2013.4.05.8200 SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDUSTRIAS DE CERAMICAS, OLARIAS E DERIVADOS DO ESTADO DA PARAIBA - STINCONDE-PB (Adv. VALTER DE MELO, CANDIDO ARTUR MATOS DE SOUZA, ANTONIO SEVERINO DA SILVA, LUIZ CESAR GABRIEL MACEDO, YURI MARQUES DA CUNHA, LEOPOLDO MARQUES D'ASSUNÇÃO, DEVID OLIVEIRA DE LUNA, MARIA BETANIA DE OLIVEIRA MELO, JOSENILO PAULO GOMES GONZAGA) X CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. SEM ADVOGADO) x UNIÃO (Adv. SEM PROCURADOR)

Medida Cautelar nº 0006272-18.2013.4058200 Autor: SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE CERÂMICAS OLARIAS E DERIVADOS DO ESTADO DA PARAÍBA - STINCONDE/PB Réus: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL / UNIÃO (FAZENDA NACIONAL) S E N T E N Ç A (Tipo C) I - RELATÓRIO Tratam os autos de Medida Cautelar de Exibição de Documentos ajuizada pelo STINCONDE/PB em face da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL e da UNIÃO FEDERAL, com fundamento nos arts. 355 e seguintes e art. 804, ambos do CPC/1973, objetivando obter das demandadas a apresentação dos extratos analíticos das contas de FGTS dos substituídos, para instrumentalizar a Ação Civil Pública de nº 0006271-33.2013.4058200, que tramita nesta 2ª Vara Federal de João Pessoa/PB e tem por objeto a reposição dos saldos das contas de FGTS de que são titulares os trabalhadores em Indústrias de Cerâmicas e Olarias do Estado da Paraíba. Do relato da inicial colhe-se o seguinte: (i) a parte promovente (substituídos) necessita dos extratos analíticos de suas contas de FGTS, relativamente a todos os depósitos feitos no período de 1999 a 2013, cujos documentos estariam em poder das demandadas; (ii) pretendem os autores que sejam apresentados pelas demandadas, em prazo a ser estabelecido pelo Juízo, todos os extratos de contas de FGTS existentes em nome dos trabalhadores em indústrias de cerâmicas olarias e derivados, na base territorial da Paraíba, incluindo-se os extratos das multas depositadas em razão das dispensas imotivadas dos citados trabalhadores; (iii) a CAIXA é a instituição financeira gestora dos recursos do FGTS e possui um banco de dados que lhe permite fornecer a documentação requerida sem que essa obrigação resulte em qualquer prejuízo para as rés; (iv) a exibição dos documentos pelas promovidas tem por objetivo instruir a ação civil pública já ajuizada pelo sindicato e demonstrar que a correção dos depósitos de FGTS realizados nas contas fundiárias dos substituídos não ocorreram na forma prevista na Lei 8.036/90, o que resultou em prejuízo para a categoria profissional representada pelo Sindicato no presente feito. A ação foi inicialmente distribuída para a Justiça do Trabalho, que determinou a redistribuição do feito para a Justiça Federal, em virtude de já ter sido declarado pela Justiça Especializada nos autos da Ação Civil Pública correlata a esta Medida Cautelar que a competência para processar e julgar a causa cabia à Justiça Federal, conforme decisão de fls. 39/42. Não houve citação das demandadas no presente feito. A inicial veio instruída com a procuração e outros documentos (fls. 11/32), dos quais se nota a Ata de Posse da Diretoria do Sindicato, informando que o subscritor da inicial (Valter de Melo) era, ao tempo da lavratura da ata, o Presidente do Sindicato e que o seu mandato expirou-se em 30/04/2012 (fls. 19/20). A decisão de fls. 61 determinou a suspensão do feito até o julgamento final do REsp 1.381.683-PE. Posteriormente, a Secretaria trouxe aos autos o Acórdão de fls. 26/ 103, noticiando o julgamento definitivo do Recurso Especial acima citado. Vieram-me os autos conclusos para deliberação. Era o que importava relatar. Decido II - FUNDAMENTAÇÃO Analisando-se os autos, percebe-se que o autor ajuizou demandas de procedimentos distintos (Medida Cautelar e Ação Civil Pública), envolvendo as mesmas partes, com fundamento na mesma causa de pedir e pedidos parcialmente idênticos. Conforme relatei, esta medida cautelar tem por objeto a instrumentalização da Ação Civil Pública de nº 0006271-33.2013.405.8200, também ajuizada em face da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL e da UNIÃO, em cujos autos foi formulado o pedido incidental de exibição dos extratos analíticos das contas fundiárias dos substituídos (Trabalhadores na Indústria de Cerâmicas, Olarias e Derivados do Estado da Paraíba), referente ao período de janeiro de 1999 a junho de 2013. Verifica-se que a identidade parcial de causas entre esta Medida Cautelar e a Ação Civil Pública nº 0006271-33.2013.405.8200 não é o único defeito encontrado na inicial. Assim como ocorreu na Ação Civil Pública em referência, a Medida Cautelar também inclui a UNIÃO FEDERAL na lide. Entretanto, de acordo com na Súmula nº 249 do STJ, somente a CAIXA detém, com exclusividade, a legitimidade para figurar no polo passivo de demandas em que se discuta a correção de saldos de contas vinculadas de FGTS. Cabe destacar que é também da CAIXA a responsabilidade pela gestão dos recursos do FGTS e, portanto, somente a instituição financeira detém em seu poder os extratos cuja exibição foi requerida pelo autor. Assim, a inclusão da UNIÃO nesta Medida Cautelar foi indevida. No que diz respeito à identidade parcial dos pedidos formulados nas ações em apreço, destaco que o provimento judicial pretendido pelo autor nesta demanda, se acolhido pelo Juízo, terá a mesma utilidade daquele que venha a ser deferido em caráter incidental na Ação Civil Pública acima citada, qual seja: instruir a ação civil pública, mediante a apresentação dos extratos das contas fundiárias para que se possa conhecer os saldos e os índices de correção dos depósitos efetuados nas aludidas contas, incluindo-se os depósitos da multas pela dispensa imotivada do trabalhador. No caso em estudo, não se vislumbra a necessidade e/ou utilidade da Medida Cautelar para a obtenção da tutela jurisdicional pretendida pelo autor, uma vez que os pedidos formulados na Ação Civil Pública em referência, ajuizada anteriormente a esta cautelar, abrange a pretensão deduzida pelo autor nos presentes autos. Conclui-se, portanto, ser o autor carecedor da ação, por lhe faltar o interesse processual (utilidade + necessidade) no prosseguimento da demanda, devendo a inicial ser indeferida, conforme autoriza o art. 485, inciso VI, do CPC. Ressalto que o indeferimento da inicial nos termos em que se faz não contraria o disposto no art. 9º do novo CPC/2015, pois a ausência de interesse processual na demanda decorre da identidade de causas entre esta demanda e a Ação Civil Pública 0006271-33-2013.405.8200, constituindo assim litispendência parcial de ações, matéria que pode ser conhecida de ofício pelo Juízo a qualquer tempo e grau de jurisdição, conforme disciplina o § 3º do art. 485 do CPC/2015. III - DISPOSITIVO ISTO POSTO, declaro o autor carecer da ação por falta de interesse processual no prosseguimento do feito e INDEFIRO A PETIÇÃO INICIAL para, em consequência, EXTINGUIR O PROCESSO SEM RESOLUÇÃO, com fundamento no art. 485, incisos VI do CPC/2015. Sem condenação em custas processuais, face à gratuidade judiciária requerida pelo autor, cujo pedido defiro nesta oportunidade, nos termos da Lei 1.060/50 e art. 99, § 4º da Lei processual vigente. Sem condenação em honorários de sucumbência por não se concretizado a triangularização da relação jurídica processual. Desde logo, desapensem-se estes autos da Ação Civil Pública nº 0006271-33.2013.4058200. Publique-se. Registre-se. Intime-se. Após o trânsito em julgado, certifique-se e arquivem-se os presentes autos. João Pessoa / PB, 28 de fevereiro de 2018. BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara RSS PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA FORUM JUIZ FEDERAL RIDALVO COSTA 2ª VARA 4 Medida Cautelar nº 0006272-18.2013.4058200

   

EXECUÇÃO CONTRA FAZENDA PÚBLICA

   

0008481-91.2012.4.05.8200 SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR, POR SUA SEÇÃO SINDICAL NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - ADUFPB/SSIND E OUTROS (Adv. PAULO GUEDES PEREIRA, MUCIO SATIRO FILHO, FRANCISCO DAS CHAGAS BATISTA LEITE, SABRINA PEREIRA MENDES, CLOVIS SOUTO GUIMARÃES JUNIOR, ALINO & ROBERTO E ADVOGADOS, GUEDES PEREIRA & DUARTE ADVOGADOS ASSOCIADOS, JOSE MARIO PORTO & MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS, JOSE MARIO PORTO & MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS, JOSE MARIO PORTO JUNIOR) X UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB (Adv. SANDRA REGINA BRAGA SOUTO)

PROCESSO Nº: 0008481-91.2012.4.05.8200 EXEQUENTE: ANDES - SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR, POR SUA SEÇÃO SINDICAL - ADUFPB EXECUTADA: UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DECISÃO Cuida-se Execução contra a Fazenda Pública promovida pelo ANDES - Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, por sua Seção Sindical - ADUFPB, objetivando o pagamento das parcelas vencidas do período de jan/1993 a abr/2006, relativas à incorporação do percentual de 28,86% no contracheque dos servidores substituídos, conforme decisão proferida pelo STF às fls. 78/79. A parte exequente apresentou petição de fls. 440/442, por meio da qual requereu o pagamento preferencial de parte do valor do precatório expedido em favor do substituído Steniel Ferreira Patricio. Para tanto, alegou que o substituído Steniel Ferreira Patricio é pessoa idosa e, nessa condição, faz jus ao benefício de pagamento preferencial de parte do montante do precatório, equivalente ao triplo do que a União considera como pequeno valor (60 salários mínimos), na forma do art. 100, § 2º, da Constituição Federal. Requereu, portanto, o pagamento preferencial no valor de 180 salários mínimos, preservando o pagamento do saldo restante na ordem cronológica dos precatórios. Relatados no essencial, fundamento e decido. Inicialmente, verifico que foi juntado aos autos cópia do documento de identidade que demonstra que o substituído Steniel Ferreira Patricio é maior de 60 anos de idade (fl. 443). Com efeito, o art. 100, §2º da Constituição Federal dispõe que os débitos de natureza alimentícia daqueles que possuem 60 anos de idade serão pagos de forma preferencial, até o valor equivalente ao triplo do que a lei considera como pequeno valor, nos seguintes termos: "Art. 100 (...) § 2º Os débitos de natureza alimentícia cujos titulares, originários ou por sucessão hereditária, tenham 60 (sessenta) anos de idade, ou sejam portadores de doença grave, ou pessoas com deficiência, assim definidos na forma da lei, serão pagos com preferência sobre todos os demais débitos, até o valor equivalente ao triplo fixado em lei para os fins do disposto no § 3º deste artigo, admitido o fracionamento para essa finalidade, sendo que o restante será pago na ordem cronológica de apresentação do precatório." Dessa forma, tendo o substituído Steniel Ferreira Patricio comprovado que possui 67 anos, faz jus ao benefício de pagamento preferencial de parte do seu débito, no montante de 180 salários mínimos. Considerando que o valor devido ao referido substituído ultrapassa o valor de 180 salários mínimos, deve o saldo remanescente ser pago em observância à ordem cronológica de apresentação do precatório. Nesse sentido, o art. 13 da Resolução CJF nº 458/2017, dispõe que: "Art. 13. Os débitos de natureza alimentícia serão pagos com preferência sobre os demais, respeitando-se a prioridade devida aos portadores de doença grave, em seguida, às pessoas com deficiência e, posteriormente aos idosos com 60 anos completos na data do pagamento." Diante do exposto, oficie-se ao TRF - 5ª Região, comunicando ao Presidente daquele Tribunal o deferimento do benefício de pagamento preferencial de parte do precatório nº 2017.82.00.002.000548, correspondente a 180 salários-mínimos, uma vez que o substituído Steniel Ferreira Patrício é idoso, com mais de 60 anos de idade. Intimem-se as partes. João Pessoa, 01.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara AMP/LFVO

   

0008512-14.2012.4.05.8200 SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR, POR SUA SEÇÃO SINDICAL NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - ADUFPB/SSIND E OUTROS (Adv. PAULO GUEDES PEREIRA, MUCIO SATIRO FILHO, FRANCISCO DAS CHAGAS BATISTA LEITE, SABRINA PEREIRA MENDES, CLOVIS SOUTO GUIMARÃES JUNIOR, JOSE MARIO PORTO JUNIOR, GUEDES PEREIRA & DUARTE ADVOGADOS ASSOCIADOS, JOSE MARIO PORTO & MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS, ALINO & ROBERTO E ADVOGADOS) X UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB (Adv. SANDRA REGINA BRAGA SOUTO)

PROCESSO Nº: 0008512-14.2012.4.05.8200 EXEQUENTE: ANDES - SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR, POR SUA SEÇÃO SINDICAL - ADUFPB EXECUTADA: UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DECISÃO Cuida-se Execução contra a Fazenda Pública promovida pelo ANDES - Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, por sua Seção Sindical - ADUFPB, objetivando o pagamento das parcelas vencidas do período de jan/1993 a abr/2006, relativas à incorporação do percentual de 28,86% no contracheque dos servidores substituídos, conforme decisão proferida pelo STF às fls. 77/78. A parte exequente apresentou petição de fls. 462/464, por meio da qual requereu o pagamento preferencial de parte do valor do precatório expedido em favor do substituído Severino Francisco de Oliveira. Para tanto, alegou que: - o substituído Severino Francisco de Oliveira é pessoa idosa com deficiência física e foi diagnosticado com neoplasia maligna; - em decorrência da sua condição de idoso e de pessoa com doença grave, o referido substituído faz jus ao benefício de pagamento preferencial de parte do montante do precatório, equivalente ao triplo do que a União considera como pequeno valor (60 salários mínimos), na forma do art. 100, § 2º, da Constituição Federal. Requereu, portanto, o pagamento preferencial no valor de 180 salários mínimos, preservando o pagamento do saldo restante na ordem cronológica dos precatórios. Relatados no essencial, fundamento e decido. Inicialmente, verifico que foi juntado aos autos laudo médico que atesta que o substituído Severino Francisco de Oliveira, de 70 anos, foi diagnosticado com neoplasia maligna (CID C61) em 2016, além de ser pessoa com deficiência física (fls. 466/467). Com efeito, o art. 100, §2º da Constituição Federal dispõe que os débitos de natureza alimentícia daqueles que possuem doença grave serão pagos de forma preferencial, até o valor equivalente ao triplo do que a lei considera como pequeno valor, nos seguintes termos: "Art. 100 (...) § 2º Os débitos de natureza alimentícia cujos titulares, originários ou por sucessão hereditária, tenham 60 (sessenta) anos de idade, ou sejam portadores de doença grave, ou pessoas com deficiência, assim definidos na forma da lei, serão pagos com preferência sobre todos os demais débitos, até o valor equivalente ao triplo fixado em lei para os fins do disposto no § 3º deste artigo, admitido o fracionamento para essa finalidade, sendo que o restante será pago na ordem cronológica de apresentação do precatório." Dessa forma, tendo o substituído Severino Francisco de Oliveira comprovado que possui doença grave, faz jus ao benefício de pagamento preferencial de parte do seu débito, no montante de 180 salários mínimos. Considerando que o valor devido ao referido substituído ultrapassa o valor de 180 salários mínimos, deve o saldo remanescente ser pago em observância à ordem cronológica de apresentação do precatório. Nesse sentido, o art. 14, parágrafo único, da Resolução CJF nº 458/2017, dispõe que: "Art. 14 - Portadores de doença grave são os beneficiários acometidos das moléstias indicadas no inciso XIV do art. 6º da Lei n. 7.713/1988, com a redação dada pela Lei n. 11.052, de 29 de dezembro de 2004, bem como as doenças consideradas graves pelo juízo da execução, com base na conclusão da medicina especializada, mesmo que a doença tenha sido contraída após o início da ação. Parágrafo único. O portador de doença grave beneficiário de precatório de natureza alimentícia poderá requerer a prioridade no pagamento a qualquer tempo, cabendo a decisão ao juízo da execução, que comunicará ao presidente do tribunal eventual deferimento da prioridade constitucional, com a finalidade de alterar a ordem de pagamento quando já expedido o ofício requisitório." Diante do exposto, oficie-se o TRF - 5ª Região, comunicando ao Presidente daquele Tribunal o deferimento do benefício de pagamento preferencial de parte do precatório nº 2017.82.00.002.000538, correspondente a 180 salários-mínimos, em decorrência da doença grave que o beneficiário Severino Ferreira de Oliveira possui. Intimem-se as partes. Cumpra-se esta decisão e aguarde-se o pronunciamento do TRF - 5ª Região quanto ao agravo de instrumento interposto pela executada. João Pessoa, 01.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara AMP/LFVO

   

0008513-96.2012.4.05.8200 SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR, POR SUA SEÇÃO SINDICAL NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - ADUFPB/SSIND E OUTROS (Adv. PAULO GUEDES PEREIRA, MUCIO SATIRO FILHO, FRANCISCO DAS CHAGAS BATISTA LEITE, SABRINA PEREIRA MENDES, CLOVIS SOUTO GUIMARÃES JUNIOR, GUEDES PEREIRA & DUARTE ADVOGADOS ASSOCIADOS, JOSE MARIO PORTO & MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS, JOSE MARIO PORTO JUNIOR, ALINO & ROBERTO E ADVOGADOS) X UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB (Adv. SANDRA REGINA BRAGA SOUTO)

EXECUÇÃO CONTRA FAZENDA PÚBLICA n. 0008513-96.2012.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao MM. Juiz Federal da 2ª Vara. João Pessoa, sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO Mantenho a decisão agravada pelos seus próprios fundamentos. Aguarde-se o julgamento do agravo de instrumento. Intimem-se. João Pessoa, 28.02.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

CUMPRIMENTO DE SENTENÇA

   

0000089-02.2011.4.05.8200 EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELEGRAFOS - ECT (Adv. ANILDSON MENEZES SILVA, PAULO CESAR BEZERRA DE LIMA, LUIZ MONTEIRO VARAS) X ADEMAR PANTALEAO (Adv. SEM ADVOGADO)

Renove-se a intimação da ECT para dar prosseguimento à execução, no prazo de 15 (quinze) dias. Decorrido o prazo, sem manifestação, remetam-se os autos ao arquivo com baixa na Distribuição.

   

0004952-84.2000.4.05.8200 ALZINEIDE FLORENCIO DE SOUSA (Adv. ZAYLANY DE LOURDES FERREIRA TORRES) X CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. YANKO CYRILO, RICARDO POLLASTRINI) x EMGEA EMPRESA GESTORA DE ATIVOS (Adv. JOSE TADEU ALCOFORADO CATAO, JULIO CÂNO DE ANDRADE) x SASSE - CIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS

CUMPRIMENTO DE SENTENÇA n. 0004952-84.2000.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao MM. Juiz Federal da 2ª Vara. João Pessoa, terça-feira, 20 de março de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO Defiro a juntada do substabelecimento de fl. 802. Anotações necessárias na distribuição. Após, dê-se vista às partes, de forma sucessiva, pelo prazo de 15 dias. Publique-se. João Pessoa, 26.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

0005806-92.2011.4.05.8200 SEVERINA FERNANDES DA SILVA (Adv. MARCOS ANTONIO INACIO DA SILVA, NARRIMAN XAVIER DA COSTA, GILVAN AMORIM NAVARRO FILHO, EUTACIO BORGES DA SILVA FILHO, KARLA GABRIELA SOUSA LEITE, NELSON AZEVEDO TORRES, ANA GABRIELA BARBALHO DA SILVA) X UNIAO (MINISTERIO DOS TRANSPORTES) (Adv. SEM PROCURADOR)

PROCESSO Nº 0005806-92.2011.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao(à) MM. Juiz Federal, Dr(a). BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA. João Pessoa, 22 de março de 2018 SHEILA FERREIRA DE PONTES Técnica Judiciária DESPACHO Tendo em vista o cumprimento da obrigação de fazer, e nada mais tendo sido requerido pelas partes, declaro satisfeita a obrigação. Arquive-se o processo com baixa. João Pessoa, 26.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara 1 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA 10

   

0009806-09.2009.4.05.8200 CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. MARCOS CALUMBI NOBREGA DIAS, FRANCISCO DAS CHAGAS NUNES) X CENTER PLACAS E SERVICOS LTDA E OUTRO (Adv. SEM ADVOGADO) x MARCOS DAS CHAGAS DANTAS

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA FORUM JUIZ FEDERAL RIDALVO COSTA 2ª VARA PROCESSO Nº 0009806-09.2009.4.05.8200 ATO ORDINATÓRIO (Parágrafo 4º do art. 203, CPC/2015, introduzido pela Lei nº. 8.952, de 13.12.94 e art. 87 do Provimento 01/2009 - CR) AUTOS COM VISTA à CAIXA para requerer o que entender de direito para o prosseguimento do feito, no prazo de 15 dias. João Pessoa, 27/03/2018 Sheila Ferreira de Pontes Técnica Judiciária

   

0010181-78.2007.4.05.8200 CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. FABIO ROMERO DE SOUZA RANGEL) X ANA CLAUDIA LYRA DE AGUIAR ARAUJO (Adv. CARLOS NAZARENO PEREIRA DE OLIVEIRA, ANDREA FIALHO PESSOA PONTES, RAPHAEL FELIPPECORREIA LIMA DO AMARAL, RAMON DIEGO FREIRE DE ARAUJO, BRUNO AIRES COLAÇO)

CUMPRIMENTO DE SENTENÇA n. 0010181-78.2007.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao MM. Juiz Federal da 2ª Vara. João Pessoa, quinta-feira, 22 de março de 2018. José Valter Augusto de Lima Técnico judiciário DESPACHO Defiro o pedido de dilação de prazo promovido pela CAIXA (fl. 342). Publique-se. João Pessoa, 26.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA

   

0010702-62.2003.4.05.8200 MINISTÉRIO PUBLICO FEDERAL (Adv. FABIO GEORGE CRUZ DA NOBREGA, WERTON MAGALHAES COSTA) X CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRACAO NA PARAIBA (Adv. DANIEL JOSÉ DE BRITO VEIGA PESSOA)

PROCESSO Nº: 0010702-62.2003.4.05.8200 EXEQUENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADOR: RODRIGO GOMES TEIXEIRA EXECUTADA: CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO NA PARAÍBA - CREA ADVOGADO: DANIEL JOSÉ DE BRITO VEIGA PESSOA DECISÃO Cuida-se de Cumprimento de Sentença que julgou procedente o pedido formulado pelo exequente Ministério Público Federal, em face do Conselho Regional de Administração na Paraíba - CRA-/B, para que se abstenha de proceder a novas contratações de empregado para seu quadro pessoal, sem efetivação de prévio concurso público, em observância ao princípio previsto no art. 37, II, da Constituição Federal. Condenou ainda ao pagamento de custas processuais e verba honorária advocatícia no percentual de 10% (dez por cento) sobre o valor atribuído à causa da inicial. Intimado o executado para o cumprimento da obrigação, forneceu o acervo probatório, comprovando o efetivo cumprimento da sentença (fls.224/228 e 240/250). Aberta vista ao exequente quanto à satisfação da obrigação, considerando o adimplemento da obrigação a que foi condenado o réu, requereu a extinção do feito, com o arquivamento dos autos (fls. 254/254-v). Ante o exposto, DECLARO EXTINTO O PROCESSO, com resolução do mérito, nos termos do artigo 794, I, do CPC. Registre-se no sistema informatizado, (cf. Provimento nº 01, de 25.03.2009, da Corregedoria Geral do TRF - 5ª Região). Publique-se. Intimem-se. Decorrido o prazo sem interposição de recurso voluntário, certifique-se, dê-se baixa na Distribuição e arquivem-se os autos, observadas as cautelas legais. João Pessoa (PB), 08.03.2018 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA EOS/LMO

   

0012340-62.2005.4.05.8200 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB (Adv. EDILSO DA SILVA VALENTE) X MARIA AUXILIADORA DE ARAUJO MELO (Adv. AMANDA DE ALCÂNTARA ANDRADE, DAVIDSON LOPES SOUZA DE BRITO, KALINA DE FATIMA CARLOS PEREIRA)

PROCESSO Nº: 0012340-62.2005.4.05.8200 EXEQUENTE: UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA EXECUTADA: MARIA AUXILIADORA DE ARAUJO MELO DECISÃO Cuida-se de cumprimento de sentença promovido pela Universidade Federal da Paraíba, objetivando o pagamento, pela executada, do valor de R$ 96.395,21. A parte executada apresentou petição às fls. 317/318, na qual requereu: - a suspensão do processo e a autorização para que venha a firmar um acordo de parcelamento da dívida ou a quitação integral da mesma, com a liberação do veículo bloqueado; - alternativamente, a liberação do veículo Fox Volkswagen, ano 2012/2013, placa OFG 6225, substituindo-o pelo imóvel situado à Rua Dr. Ernani Borba, 54, apto. 302, Ed. Res. Samara, Jardim Cidade Universitária, João Pessoa - PB. Intimada, a UFPB se manifestou às fls. 320/321, alegando que: - o imóvel indicado pela executada possui baixo valor na escritura pública, razão pela qual devem ser penhorados ambos os imóveis indicados pela UFPB às fls. 314/315 até o valor suficiente para garantir o débito; - caso reste garantido o juízo pelos imóveis, anui com a liberação do bloqueio do veículo; - em relação ao parcelamento, caso a executada tenha interesse em firmá-lo, deverá cumprir as condições impostas na Portaria 419/2013. Relatados no essencial, fundamento e decido. Do parcelamento do débito Inicialmente, no que concerne ao pedido de suspensão do processo em face de possível parcelamento ou sua integral quitação, observo que a penhora e avaliação de bens do devedor não inviabiliza o posterior parcelamento do débito na via administrativa, uma vez que, ocorrendo tal procedimento, as partes poderão requerer o levantamento dos bens penhorados e a extinção da execução, no caso de quitação integral da dívida. Assim, indefiro o pedido de suspensão do processo. Do pedido de substituição do bem penhorado A executada formulou, ainda, pedido de substituição da penhora sobre o veículo indicado às fls. 293/294, pelo imóvel situado à Rua Dr. Ernani Borba, 54, apto. 302, Ed. Res. Samara, Jardim Cidade Universitária, João Pessoa - PB. A UFPB requereu que fosse penhorado não apenas o referido imóvel, mas também aquele indicado à fl. 315, até o valor suficiente para garantir o débito. Apenas com a garantia total do juízo por meio desses bens, é que alega anuir com a liberação do bloqueio do veículo. No caso, verifico ser possível a substituição da penhora sobre o indicado bem móvel, uma vez que, mesmo existindo bens livres em nome da executada, a penhora recaiu sobre um veículo que é objeto de gravame de alienação fiduciária (fl.294). Assim, resta caracterizada a hipótese descrita no art. 848, IV, do CPC/2015, que prevê o seguinte: "Art. 848. As partes poderão requerer a substituição da penhora se: (...) IV - havendo bens livres, ela tiver recaído sobre bens já penhorados ou objeto de gravame;" Ante o exposto, tendo a executada indicado à constrição bem imóvel de sua propriedade, livre e desembaraçado, defiro a substituição, para que haja o levantamento da penhora realizada sobre o veículo indicado às fls. 293/294. Em substituição a esse bem, expeça-se mandado de penhora e avaliação do imóvel indicado pela executada à fl. 318. Quando da realização da avaliação, sendo constatado que o valor do imóvel penhorado é inferior ao débito, deve o oficial de justiça realizar a penhora e avaliação também do imóvel indicado pela UFPB à fl. 315. Efetuada a penhora, intime-se imediatamente a executada, como determina o art. 841 do CPC/2015, observadas as disposições de seus parágrafos e do art. 842 (intimação do cônjuge, em caso de bem imóvel), inclusive para ciência da avaliação feita pelo oficial de justiça. Intime-se a exequente da penhora e da avaliação e também para efetuar a averbação da penhora no registro competente, se for o caso (art. 844 do CPC/2015). Nada sendo requerido no prazo de 15 dias e não havendo decisão que determine a suspensão da execução, adote a secretaria as providências para alienação do bem no Leilão Unificado desta Seção Judiciária (art. 881 do CPC/2015). João Pessoa, 23.10.2017 BRUNO TEIXEIRA DE PAIVA Juiz Federal Titular da 2ª Vara AMP/LFVO

   

EXECUÇÃO CONTRA FAZENDA PÚBLICA

   

0003136-72.1900.4.05.8200 DESTILARIA JACUIPE S/A E OUTRO (Adv. RHUBIA LACERDA MARTINS DE OLIVEIRA, RENATA SONODA PIMENTEL, PATRICIA HELENA FERREIRA GAIAO, MARA REGINA SIQUEIRA DE LIMA, SERGIO BARBOSA ALVES, CHRISTIANE MARCIA DE C. MAXIMO, CARLOS GOMES FILHO, MANUEL DE FREITAS CAVALCANTE, FABIOLA CAVALCANTE TORRES BORGES, RITA VALERIA CAVALCANTE MENDONÇA, LYDIANE MENDES GOMES CLEMENTINO, DANIELLA MEDEIROS REGO, SUZETE VELOSO DE OLIVEIRA, THAMINE NATHALIA CABRAL MORAES E SILVA, BEATRIZ RUFINO ROCHA, JULIANA DE MELO LINS, ANDRÉ DOS PRAZERES, BEATRIZ RUFINO ROCHA, DANIELLA MEDEIROS REGO, SUZETE VELOSO DE OLIVEIRA, JULIANA BRITO ALVES DE OLIVEIRA, NATÁLIA MARIA CEZAR BRASIL, NATÁLIA MARIA CEZAR BRASIL, IZABELLA NASCIMENTO CARNEIRO DOS SANTOS, RONALDO OLIVEIRA SARAIVA DE ALENCAR, CAMYLA VICENTE DE SOUZA SILVA, RENÈE LAGO MIRANDA, GABRIELA MARINHO DE ASSIS FERNANDES ÂNGELO, LEILA DO BOMFIM ROLIM) x DESTILARIA JACUIPE S/A E OUTRO (Adv. RHUBIA LACERDA MARTINS DE OLIVEIRA, RENATA SONODA PIMENTEL, PATRICIA HELENA FERREIRA GAIAO, MARA REGINA SIQUEIRA DE LIMA, SERGIO BARBOSA ALVES, CHRISTIANE MARCIA DE C. MAXIMO, CARLOS GOMES FILHO, MANUEL DE FREITAS CAVALCANTE, FABIOLA CAVALCANTE TORRES BORGES, RITA VALERIA CAVALCANTE MENDONÇA, LYDIANE MENDES GOMES CLEMENTINO) X UNIÃO (Adv. ANTONIO CARLOS MOREIRA (FN)) x UNIÃO (Adv. ANTONIO CARLOS MOREIRA (FN), ANDRÉ DOS PRAZERES)

PROCESSO Nº 0003136-72.1900.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao(à) MM. Juíza Federal Substituta, Dr(a). WANESSA FIGUEIREDO DOS SANTOS LIMA. João Pessoa, 17 de janeiro de 2018 SHEILA FERREIRA DE PONTES Técnica Judiciária DESPACHO A Procuradoria da Fazenda Nacional (fls. 930/9310) requer, conforme despacho proferido no processo administrativo nº 10080.004861/0816-48 da Receita Federal do Brasil, a transformação dos DJE em pagamento definitivo, com utilização do código de receita 8811, acompanhada de documento comprobatório da CEF. Oficie-se à CAIXA/PAB-Justiça Federal - João Pessoa/PB, a fim de que proceda à conversão em renda da União do percentual de 76,68% do valor depositado na conta judicial nº 0548.635.69656-1 e do percentual de 88,74% do valor depositado na conta judicial nº 0548.635.69657-0, ambas com a utilização do código da receita nº 8811, reportado na petição de fls. 930/931. Instrua-se com cópia das peças do processo, fls. 907/908 e 930/931. Após, seja efetuada a devolução às exequentes da quantia remanescente, conforme determinado na sentença de fls. 437/443, acórdãos às fls. 504 e 515 do TRF-5ª Região, com a expedição de alvarás judiciais em favor destas: Destilaria Jacuípe S/A e Destilaria Miriri S/A, para levantamento dos valores depositados em contas judiciais, nos percentuais de 11,26% e 23,32% do saldo das contas de depósito judicial nºs: 0548.635.00069657-0 e 0548.635.00069656-1, respectivamente. Após, se nada mais tiver sido requerido pelas partes, declaro satisfeita a obrigação e determino o arquivamento do processo com baixa na Distribuição. Intimem-se. João Pessoa, 23.02.2018 WANESSA FIGUEIREDO DOS SANTOS LIMA Juíza Federal Substituta da 2ª Vara 1 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA 10

   

0006128-59.2004.4.05.8200 ALDA PEREIRA DE LIMA FERNANDES E OUTROS (Adv. JOSE RAMOS DA SILVA, YURI PORFIRIO CASTRO DE ALBUQUERQUE, YANE CASTRO DE ALBUQUERQUE, GIOVANNA PAIVA PINHEIRO DE ALBUQUERQUE BEZERRA, F. SARMENTO ADVOGADOS ASSOCIADOS, FELIPE SARMENTO CORDEIRO, JOSÉ RAMOS DA SILVA E EDVAN CARNEIRO DA SILVA ADVOGADOS ASSOCIADOS, MARCOS ANTONIO INACIO DA SILVA, KARLA GABRIELA SOUSA LEITE, TANIELLE KÉZIAH DE SOUSA FREIRE, JOÃO PAULO BARBALHO INACIO DA SILVA) x RUTH NUNES VERGARA (Adv. NARRIMAN XAVIER DA COSTA, CAIO TIBERIO BARBALHO DA SILVA, LETICIA BOLZANI GONDIM) X INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS (Adv. PAULO MANOEL MOREIRA SOUTO)

PROCESSO Nº 0006128-59.2004.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos ao(à) MM. Juíza Federal Substituta, Dr(a). WANESSA FIGUEIREDO DOS SANTOS LIMA. João Pessoa, 22 de fevereiro de 2018 FÁBIO LACERDA DE CASTRO MARTINS Técnico Judiciário DESPACHO Expeça-se novo requisitório de pagamento do valor determinado no julgado, nos termos do art. 3º, parágrafo único, da Lei n. 13.463/2017, em favor de JAIRO DIAS PAREDES. Ato contínuo, intimem-se as partes acerca do inteiro teor da requisição de pagamento expedida (Resolução CJF nº 405/2016), para manifestação no prazo improrrogável de 05 dias. Sem manifestação, remeta-se a requisição de pagamento ao TRF da 5ª Região. Ciente a parte credora de que deverá acompanhar o depósito do pagamento pelo sistema eletrônico do TRF da 5ª Região. Após o depósito, nada sendo requerido pelas partes, em 10 dias, dá-se por satisfeita a obrigação, cabendo à secretaria arquivar o processo com baixa independentemente de novas intimações. João Pessoa, 23.02.2018 WANESSA FIGUEIREDO DOS SANTOS LIMA Juíza Federal Substituta da 2ª Vara ESI 1 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA 10

   

0009718-30.1993.4.05.8200 NORMA DE OLIVEIRA BATISTA E OUTROS (Adv. ROBERTO DE OLIVEIRA BATISTA, HELENO LUIZ DE FRANCA FILHO, FLAVIO FERNANDO VASCONCELOS COSTA) x HERMANO BATISTA DO REGO E OUTRO X FUNDACAO NACIONAL DE SAUDE - FUNASA (Adv. TIBIRICA DE MELO E SILVA)

PROCESSO Nº: 0009718-30.1993.4.05.8200 EXEQUENTES: NORMA DE OLIVEIRA BATISTA E OUTROS EXECUTADA: FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE - FUNASA DECISÃO Cuida-se de pedido formulado pela parte exequente, no sentido de percepção das diferenças de correção monetária e de juros de mora devidos no período entre a elaboração do cálculo e a data da expedição da requisição de pagamento. Foi proferido despacho às fls. 500/501 reconhecendo a incidência dos juros de mora nesse período e determinando a remessa dos autos à Contadoria para informar o valor devido. A Contadoria indicou como devido o montante de R$ 156.928,43, atualizado até novembro de 2016 (fls. 502/503). A executada informou a interposição de agravo de instrumento em face do despacho de fls. 500/501 (fls. 507/534). Os exequentes apresentaram petição alegando que concordam com os cálculos relativos aos juros de mora, apresentados pela Contadoria às fls. 502/503. Ainda, requereram: - a expedição do RPV para pagamento dos honorários advocatícios sucumbenciais aferidos nos cálculos da Contadoria; - a retificação dos precatórios já expedidos às fls. 462/468, com o acréscimo dos valores encontrados pela Contadoria, observando-se a divisão entre os credores e mantendo a ordem cronológica em que se encontram; - subsidiariamente, a expedição de precatórios complementares, resguardando-se a prioridade da exequente Norma de Oliveira Batista, por ser maior de 60 anos; - a habilitação de Célia Rejane Santos Araújo Batista, Hermano Batista do Rego Neto e Renan Lucas Araújo Batista, na qualidade de sucessores do exequente Ronaldo de Oliveira Batista, falecido em 13/06/2006 (fls. 537/551). Esse juízo proferiu despacho determinando a intimação da executada para responder ao pedido de habilitação (fls. 553/554). Intimada, a FUNASA concordou com o pedido de habilitação (fl. 555). Relatados no essencial, fundamento e decido. A pretensão aduzida pelos exequentes reside no pedido de pagamento de valores referentes à correção monetária e juros de mora entre a data do cálculo e a data da expedição da requisição de pagamento. Esse juízo proferiu despacho anterior (fls. 500/501) apreciando essa questão nos seguintes moldes: "Quanto à correção monetária, esta já é efetuada pelo próprio TRF ao fazer o pagamento, nos moldes do art. 7º da Resolução CJF nº 405/2016, segundo o qual: "Art. 7º Para a atualização monetária dos precatórios e RPVs tributários e não tributários, serão utilizados, da data-base informada pelo juízo da execução até o efetivo depósito, os índices estabelecidos na lei de diretrizes orçamentárias, ressalvado o disposto nos arts. 51 e 56 desta resolução." Assim, não há diferenças devidas a esse título. Em relação aos juros, no julgamento do RE 579431, o STF aprovou tese de repercussão geral, no sentido de que "incidem os juros de mora no período compreendido entre a data da realização dos cálculos e da requisição ou do precatório". Diante disso, remetam-se os autos à Contadoria para informar o valor devido a título de juros de mora entre a data da atualização da conta que fundamentou a expedição de pagamento originária e a data dessa expedição. Prazo: 30 dias." Nesse contexto, a Contadoria Judicial apresentou informação, apurando como devida a quantia de R$ 156.928,43. Portanto, esse é o quantum efetivamente devido, em consonância com as decisões proferidas e as questões discutidas nesta demanda. Vale salientar que as perícias contábeis realizadas pela Seção de Cálculos, órgão auxiliar do juízo e sem qualquer interesse na lide, gozam de presunção de veracidade e de legitimidade, razão pela qual merecem inteira acolhida. Diante desse cenário, requisite-se o pagamento do valor remanescente indicado pela Contadoria às fls. 502/503, observando a devida divisão entre cada um dos exequentes habilitados, bem como o valor referente aos honorários advocatícios. Em seguida, intimem-se as partes acerca do inteiro teor das requisições de pagamento expedidas (Resolução CJF nº 405/2016), para manifestação no prazo improrrogável de 05 dias. Sem manifestação, remetam-se as requisições de pagamento acima referidas ao TRF-5ª Região. Ciente a parte credora de que deverá acompanhar o depósito do pagamento pelo sistema eletrônico do TRF da 5ª Região. Após o depósito, nada sendo requerido pelas partes em 10 dias, dá-se por satisfeita a obrigação, cabendo à Secretaria proceder ao arquivamento destes autos com baixa na distribuição. João Pessoa, 23.02.2018 WANESSA FIGUEIREDO DOS SANTOS LIMA Juíza Federal Substituta da 2ª Vara AMP/LFVO

   

CUMPRIMENTO DE SENTENÇA

   

0001376-63.2012.4.05.8200 JOSE MARIO LOPES DA SILVA (Adv. NIEDJA PRISCILA MARQUES AZEVEDO LINS, DESIRÉE CLARY ARAÚJO SANTOS ALVES DA COSTA, EUTACIO BORGES DA SILVA FILHO, GILVAN AMORIM NAVARRO FILHO, ANA GABRIELA BARBALHO DA SILVA, CHRISTIANE HOLANDA ARANTES, ALLYSON DE SOUSA LACERDA, EMMANUELA LEILANE MARTINS NOBREGA ARAUJO DIAS, THIAGO FERREIRA BARACUHY DA NOBREGA, LETICIA BOLZANI GONDIM, NARRIMAN XAVIER DA COSTA, MARCOS ANTONIO INACIO DA SILVA) X INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS (Adv. SEM PROCURADOR)

AÇÃO ORDINÁRIA n. 0001376-63.2012.4.05.8200 CONCLUSÃO Nesta data, faço conclusos os presentes autos a MM. Juíza Federal Substituta da 2ª Vara. João Pessoa, 22/01/2018. José Valter Augusto de Lima Técnico Judiciário DESPACHO Altere a secretaria a classe do processo da fase de conhecimento para a de cumprimento de sentença. Obrigação de fazer Intime-se a executada (INSS) para, em 30 dias, cumprir a obrigação de fazer objeto da condenação (arts. 536 e 537 do CPC/2015). O descumprimento imotivado poderá resultar na aplicação de multa periódica (art. 537 do CPC/2015), bem como de multa por ato atentatório à dignidade da justiça (art. 77, § 2º, do CPC/2015). No decurso do prazo, dê-se ciência ao exequente, para falar em 15 dias, inclusive sobre eventual impugnação. Nada sendo requerido pelo exequente nessa oportunidade e não tendo havido impugnação pelo executado, considera-se cumprida a obrigação, devendo os autos ser remetidos ao arquivo com baixa, independentemente de novo despacho, se nenhuma outra providência se fizer necessária. Havendo impugnação, após o decurso do prazo para o exequente se manifestar, venham os autos conclusos para seu exame. Obrigação de pagar contra a Fazenda Pública A determinação do valor da condenação referente à obrigação de pagar depende neste caso, tão-somente, de cálculo aritmético, fazendo-se necessária a apresentação de pedido expresso do credor para cumprimento do título judicial nessa parte, acompanhado de memória discriminada e atualizada do cálculo, nos termos do art. 523 do CPC/2015. A Portaria nº 006/GDF, de 14 de janeiro de 2014, interpretada à luz do Código de Processo Civil/2015, sugere a utilização do Processo Judicial Eletrônico/PJe às classes de execução de sentença contra a Fazenda Pública (atual cumprimento de sentença contra a Fazenda Pública). Isto posto, concedo um prazo de 15 (quinze) dias para que o credor (José Mario Lopes da Silva) requeira o cumprimento do julgado através do Sistema Processo Judicial Eletrônico/PJe, nos termos da Portaria nº 006/GDF, referente à obrigação de pagar contra a Fazenda Pública, na forma do CPC/2015, arts. 534 e 535 (antigo 730 do CPC/1973), instruindo o seu pedido com demonstrativo discriminado e atualizado do crédito contendo: a) Na petição de execução/cumprimento: I - o nome completo e o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas ou no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica do exequente; II - o índice de correção monetária adotado; III - os juros aplicados e as respectivas taxas; IV - o termo inicial e o termo final dos juros e da correção monetária utilizados; V - a periodicidade da capitalização dos juros, se for o caso; VI - a especificação dos eventuais descontos obrigatórios realizados; b) os seguintes documentos obrigatórios: VII - petição inicial (da fase de conhecimento); VIII - procuração; IX - comprovante de recolhimento de custas processuais ou decisão que deferiu o pleito de justiça gratuita; X - comprovação da data do ajuizamento da ação principal e da citação do(a) ré(u); XI - laudo pericial ou planilha de cálculos, se houver; XII - sentença, acórdão e demais decisões das instâncias superiores, se houver; XIII - certidão de trânsito em julgado; e XIV - documento que comprove a data do efetivo cumprimento da obrigação de fazer, se houver. Todos os arquivos deverão ser nomeados no PJE em ordem coerente e com nomes que permitam a fácil identificação de seu conteúdo. Deverá o credor informar nestes autos o número do processo eletrônico ajuizado, que também será indicado pela secretaria do juízo através de sinalização de etiqueta na capa destes autos. Deverá o credor comprovar o recolhimento das custas processuais de execução, calculadas sobre o valor da execução, nos moldes do art. 14, §3º, da Lei 9.289/1996 ("§ 3° Nas ações em que o valor estimado for inferior ao da liquidação, a parte não pode prosseguir na execução sem efetuar o pagamento da diferença de custas e contribuições, recalculadas de acordo com a importância a final apurada ou resultante da condenação definitiva."), ressalvadas as isenções legais. Iniciada ou não a fase de cumprimento no PJE, arquivem-se os autos com baixa, facultado o desarquivamento enquanto não decorrido o prazo prescricional, caso não formulado o pedido de cumprimento. João Pessoa, 25.01.2018 WANESSA FIGUEIREDO DOS SANTOS LIMA Juíza Federal Substitua da 2ª Vara PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAIBA 2ª VARA MRC

   

AÇÃO PENAL PÚBLICA (PROCEDIMENTO CRIMINAL COMUM)

   

0010137-45.1996.4.05.8200 MINISTÉRIO PUBLICO FEDERAL (Adv. FRANCISCO CHAVES DOS ANJOS NETO) X MARIA DAS NEVES LIMA DA SILVA E OUTROS (Adv. JOSE ANCHIETA DOS SANTOS, JOAO FERREIRA DE LIMA)

Terminada a inquirição das testemunhas, abra-se vista ao Ministério Público Federal e aos Réus para, querendo, requererem as diligências que entenderem necessárias, nos termos do art. 4991 do CPP. JPA, 20/03/2006.

   

EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL

   

0004554-64.2005.4.05.8200 UNIÃO (Adv. ALMIRO VIEIRA CARNEIRO) X JOSÉ PIMENTEL DE MELO E OUTROS (Adv. MARCOS ANTONIO INACIO DA SILVA, NARRIMAN XAVIER DA COSTA, GABRIELA DA SILVA LAGO, KARLA GABRIELA SOUSA LEITE, WALKIRIA CORDEIRO LEITE DE ARAUJO, RAIMUNDO LUIZ QUEIROGA DE OLIVEIRA)

Na petição de fl.570, requer o executado a dilação do prazo para manifestação sobre os valores bloqueados através do Convênio BACENJUD. Indefiro o pedido de dilação do prazo requerido pelo Executado. Cumpra-se o despacho de fls.564/565.

   

0007755-20.2012.4.05.8200 CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. MAGDIEL JEUS GOMES ARAUJO) X DOMINIQUE DE LUCENA CLAUDINO ME E OUTROS (Adv. SEM ADVOGADO, ALBERTO JORGE SOUTO FERREIRA)

(...) Concluídas tais diligências sem localização do devedor, intime-se novamente o autor para, em 15 dias, requerer o que entender de direito (art. 830, §2º, do CPC/2015). (...)

   

MEDIDA CAUTELAR DE BUSCA E APREENSÃO

   

0000563-70.2011.4.05.8200 CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF (Adv. FRANCISCO DAS CHAGAS NUNES) X RAIMILSON TADEU DA SILVA PEREIRA NUNES (Adv. SEM ADVOGADO)

ATO ORDINATÓRIO (Art. 203 do CPC/2015 e art. 87 do Provimento CR-TRF5 01/2009) Vista à CEF (fls. 290/302), pelo prazo de 15 dias (art. 87, item 6 do Provimento CR-TRF5 01/2009). João Pessoa, 23/03/2018 Fábio Lacerda de Castro Martins Técnico Judiciário

   

EXECUÇÃO CONTRA FAZENDA PÚBLICA

   

0008653-38.2009.4.05.8200 JOSE FERNANDO PAIVA DO AMARAL E OUTROS (Adv. FLAVIANO SALES CUNHA MEDEIROS, IRACEMA PINTO DE MEDEIROS) x GERALDO FERREIRA CLAUDINO X INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACAO, CIENCIA E TECNOLOGIA DA PARAIBA - IFPB (Adv. PROCURADORIA FEDERAL NO ESTADO DA PARAIBA)

Processo nº: 0008653-38.2009.4.05.8200 ATO ORDINATÓRIO1 AUTOS COM VISTA ao(à)(s) aos exeqüentes da certidão de fls. 639, desta Secretaria, no prazo de 05(cinco) dias(art. 398, CPC e art. 87, item 06 do Provimento 01/2009 - CR ). Publique-se. João Pessoa, 27/03/2018. NOELY VASCONCELOS DE LIMA Técnica Judiciário 1 (Parágrafo 4º do art. 162, CPC, introduzido pela Lei nº 8.952, de 13.12.94 e art. 87 do Provimento 01/2009 - CR) ?? ?? ?? ?? 2 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA 2ª VARA FEDERAL 1 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA 2ª VARA FEDERAL

   

 

TOTAL DE SENTENÇA: 2

TOTAL DE ATO ORDINATORIO: 8

TOTAL DE DECISÃO: 3

TOTAL DE DESPACHO: 22

 

Página Inicial | Consulta Simplificada | Consulta Avançada | Versão

Powered by MPS Informática - Todos os direitos reservados. Melhor visualizado em 800 x 600 ou superior.